Blog

Sistema fotovoltaico on grid e off grid: como reduzir custos em propriedades rurais
Tecnologia Fotovoltaica

Sistema fotovoltaico on grid e off grid: como reduzir custos em propriedades rurais

A energia elétrica gera um alto custo para as propriedades rurais e, neste sentido, o sistema fotovoltaico on grid e off grid é uma opção atrativa para o setor. Assim, com a instalação dos kits de energia solar, é possível gerar uma economia substancial de até 95% no valor da conta.

Vale destacar que, com base no Decreto Federal nº 9.642/2018, o desconto na tarifa de energia concedido às unidades consideradas rurais será retirado de forma gradual. Essa dedução era de 30% até abril de 2018, está em 18% hoje em dia e será zerada até 2023.

Então, esta é uma ótima hora para buscar novas fontes renováveis de energia para evitar o impacto dessa mudança de tarifa ao longo dos anos. E a energia solar é uma alternativa em crescimento.

Segundo pesquisa da Absolar, em termos de capacidade instalada de energia solar, os consumidores rurais possuem 13,2% de participação, atrás apenas das residências e setor de comércio e serviços.

Neste cenário, o integrador de energia solar tem um papel essencial para ajudar as propriedades rurais no projeto, instalação e implementação do sistema fotovoltaico on grid e off grid.

Leia também: Energia solar fotovoltaica: 6 dicas para definição dos fornecedores

Como o sistema fotovoltaico on grid e off grid reduz custos

Como já falamos, a energia solar pode gerar redução de até 95% no valor da conta de energia elétrica nas propriedades rurais. Só não pode ser 100%, porque é necessário arcar com a taxa mínima da distribuidora no caso do modelo on grid.

Mas como a energia solar gera tal economia? O sistema fotovoltaico on grid e off grid trabalham de maneira diferente neste sentido, já que ambos convertem a luz solar em energia elétrica, mas têm suas particularidades. Vamos ver melhor a seguir:

O modelo off grid não é ligado à rede elétrica e possui bateria para armazenar o excesso da energia solar produzida, que não é consumida naquele exato momento pela propriedade. Assim, de noite, quando o sistema não capta luz solar, é possível ainda aproveitar o excedente guardado para fornecer energia para iluminação e equipamentos elétricos.

Já o sistema on grid é conectado à rede e não conta com bateria. Então, no caso de excedente, este adicional é transferido para a distribuidora, o que gera créditos de energia na próxima fatura do consumidor. Neste cenário, de noite, a propriedade precisa usar a energia da rede elétrica, mas, no final do mês, receberá o abatimento na conta dos créditos gerados.

Vale lembrar que a energia solar on grid é 100% sustentável, já que a bateria gera um impacto ambiental no seu descarte. Além do que, a opção on grid é menos custosa para instalar.

Leia também: Sistema on grid ou off grid: qual sistema fotovoltaico é melhor para você?

Com todo este contexto analisado, uma pesquisa do Programa Senai de Gestão Energética do Senai Empresa mostra a economia gerada e o retorno do investimento da energia solar. Em média, um consumidor rural atendido em baixa tensão pode obter R$10,50 de retorno financeiro para cada R$1 investido.

Como o integrador pode ajudar as propriedades rurais

Para promover a redução de custos com a instalação do sistema fotovoltaico on grid e off grid, o integrador é o profissional responsável. Isso porque ele consegue auxiliar as propriedades rurais, com diversas questões desde as mais básicas, como por exemplo:

  • Explicações sobre vantagens econômicas, ambientais, fiscais e outras;
  • Esclarecimento de dúvidas sobre durabilidade, manutenção, custos, funcionamento da energia solar, barulho, segurança, eficiência do sistema, entre outras.

Então, a atuação do integrador parte para a área técnica do projeto, com:

  • Entendimento das necessidades do consumidor;
  • Dimensionamento do projeto;
  • Estudo de sombreamento;
  • Análise da incidência solar;
  • Definição dos custos do projeto;
  • Estudo do melhor local de instalação: telhado ou solo;
  • Escolha dos fornecedores do sistema fotovoltaico on grid e off grid;
  • Entre outros pontos.

Por fim, o integrador executa a instalação da energia solar nas propriedades rurais, com:

  • Montagem da estrutura de fixação dos módulos fotovoltaicos;
  • Alinhamento e fixação dos módulos;
  • Instalação elétrica, com as conexões entre módulos, ligação com inversor, conexões de corrente alternada e corrente contínua, os dispositivos de proteção e o aterramento; 
  • Comissionamento do sistema e teste do inversor;
  • Ligação com a rede elétrica.

Ou seja, os integradores precisam estar preparados em todos esses pontos para oferecer serviços de alto valor agregado aos clientes do segmento rural. Afinal, além da energia solar estar em expansão, este crescimento tem tudo para ser ainda mais acentuado nas propriedades rurais.

Conte com um parceiro especializado

Para garantir a correta instalação de energia solar e a máxima eficiência da geração de energia, os integradores devem contar com os melhores equipamentos disponíveis no mercado e a Solen Energia pode ajudar.

Trabalhamos com produtos de alta tecnologia em módulos fotovoltaicos e inversores solares, dos principais fabricantes mundiais e com ótimo custo. Veja nossos diferenciais:

  • Parceria com os maiores distribuidores.
  • Rápida entrega e compromisso com prazos.
  • Equipe de engenheiros altamente qualificados.
  • Estamos sempre disponíveis para atendê-los.

Quer saber mais informações sobre nossos produtos ou se tornar um integrador parceiro? Entre em contato com nossos representantes agora mesmo!

Faça download do Guia sobre Energia Solar no Agronegócio e tire todas suas dúvidas!

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.