Blog

Sistema fotovoltaico off grid: quando o integrador não deve recomendar o uso?
Instalação de Energia Solar

Sistema fotovoltaico off grid: quando o integrador não deve recomendar o uso?

Na hora de desenvolver o projeto de energia solar, os integradores se deparam com duas opções: o sistema fotovoltaico off grid e o on grid. Os modelos possuem diferentes características e vantagens. Por isso, é importante entender como ambos funcionam para indicar a solução adequada para cada cliente.

Vale destacar que a escolha do sistema ideal, assim como o dimensionamento correto do projeto, é fundamental para trazer os resultados esperados pelos clientes na economia do consumo de energia elétrica e na redução da conta.

Assim, os integradores devem atuar com conhecimento, experiência e eficiência. Até porque, cada vez mais, cresce a concorrência no setor. Segundo estudo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, a energia solar bateu a marca de 200 mil empregos no Brasil, incluindo todos os profissionais.

Neste conteúdo, vamos explicar melhor o que é e quais os objetivos do sistema fotovoltaico off grid, além de mostrar para os integradores quando não se deve recomendar este modelo para os clientes.

Leia também: Como fazer o dimensionamento correto do sistema solar on grid

O que é o sistema fotovoltaico off grid?

Basicamente, o sistema off grid, também conhecido como isolado, é aquele desconectado da rede elétrica. Enquanto que o on grid é ligado à rede.

Os modelos off grid foram os primeiros a existir, sendo unicamente usados entre as décadas de 1950 e 1970. O foco era gerar energia elétrica em locais sem redes de distribuição, com o apoio de um banco de baterias para armazenar a energia. 

Inclusive, uma das principais aplicações desse tipo de energia solar foram os satélites artificiais na órbita da Terra. Para funcionar, os equipamentos precisavam ser alimentados pelos antigos painéis solares a fim de produzir eletricidade.

Depois, o sistema fotovoltaico off grid passou a ser adotado em aplicações terrestres, como em telecomunicações, com o primeiro telefone rural instalado na cidade de Americus, nos Estados Unidos, em 1955. 

Já a expansão para o modelo on grid ocorreu, principalmente, na década de 1990, com o crescimento da produção dos componentes do sistema, como módulos, inversores e demais componentes, como cabeamentos, conectores e estruturas de fixação.

Do que é formado o sistema fotovoltaico off grid?

Para implantar os sistemas off grid nos clientes, o integrador precisa conhecer os principais componentes deste modelo. São eles:

Arranjo fotovoltaico: é a parte do sistema que faz a captação da luz solar e a conversão em energia elétrica.

Banco de baterias: armazena a energia gerada para a utilização nas instalações elétricas e iluminação do imóvel ou empresa, em qualquer horário do dia, até de noite.

Controlador de carga: este equipamento faz o gerenciamento de carga do banco de baterias e da energia usada na unidade consumidora.

Inversor solar autônomo: transforma a corrente contínua produzida pelo arranjo e armazenada nas baterias em corrente alternada, disponibilizando a energia para a distribuição e uso da residência.

Leia também: Como ganhar dinheiro com energia solar: por que se capacitar na instalação do kit de energia solar?

Quais os objetivos do sistema off grid?

Como deu para perceber desde a concepção e o conceito do modelo, o sistema fotovoltaico off grid tem como maior finalidade levar a energia elétrica a locais não atendidos pela rede elétrica

Ainda é possível empregar essa opção para quem deseja ter energia armazenada para o uso à noite, para consumidores que desejam continuar com energia, mesmo quando falta energia na rede pública, ou para diminuir o alto custo da energia oferecida em locais distantes.

No entanto, apesar desses diferenciais e pontos positivos, nem sempre a energia off grid é recomendada. Isso porque o custo dos equipamentos é mais elevado, apresenta menor eficiência e sem contar que o sistema não é 100% sustentável, já que as baterias prejudicam o ambiente.

Saiba mais: Utilização da energia solar: como garantir geração de energia limpa e sustentável

Quando não recomendar a instalação do sistema off grid?

Neste contexto, fica claro que a energia solar off grid não é tão atrativa, principalmente, para residências e empresas localizadas em centros urbanos. Neste caso, o aspecto financeiro pesa e muito.

Até porque o custo da energia disponibilizada pelas distribuidoras é menor do que o valor de instalação e operação do modelo off grid. 

Além disso, os sistemas on grid têm passado por um processo de barateamento nos preços, com aquisição mais acessível e até com linhas de financiamento para facilitar o acesso dos consumidores.

E, mesmo em residências rurais e empresas do agronegócio, a energia solar on grid é mais viável e auxilia nas aplicações dessas propriedades, como bombeamento de água, cerca elétrica, irrigação e outros pontos. 

Sem contar que o modelo apresenta o retorno do investimento em média em seis anos, com durabilidade do sistema em cerca de 25 anos e facilidade de instalação, com grandes telhados e terrenos.

Por fim, a opção on grid ainda possibilita a geração de créditos de energia solar para abatimento na conta e benefícios fiscais, como isenção de ICMS.

Vale lembrar, inclusive, que o número de sistemas solares fotovoltaicos conectados à rede já atingiu mais de 305 mil unidades, de acordo com a Absolar. A previsão para o futuro mostra que, em 2024, haverá pelo menos 887 mil sistemas conectados no país.

Leia também: Instalação de energia solar: 5 passos para enfrentar os momentos de crise

Conte com a Solen Energia

Para apoiar os integradores em seus projetos, a Solen Energia é uma importante parceira, pois oferece equipamentos de energia solar on grid dos principais fabricantes mundiais, com alta eficiência, máxima qualidade e tecnologia de primeira linha.

Valorizamos a nossa rede de parceiros com a disponibilidade das principais soluções de energia solar para os integradores com o melhor custo-benefício.

O atendimento e suporte ao integrador é uma grande prioridade para nós. Identificamos suas necessidades e oferecemos soluções de alta qualidade. Sem contar que estamos sempre disponíveis para atendê-los.

Também realizamos a indicação da nossa rede de integradores para realizar a instalação dos kits para residências, empresas, indústrias e propriedades rurais.

Faça download do nosso Guia do Integrador e saiba como captar mais clientes.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.