Blog

Passo a passo para escolher o kit de energia solar ideal para residência
Energia Solar Residencial Integrador de Energia Solar

Passo a passo para escolher o kit de energia solar ideal para residência

Escolher o kit de energia solar adequado para cada residência e necessidade é um desafio e tanto. Muitas vezes, os consumidores não sabem quais são todos os equipamentos necessários, o tamanho ou a potência correta dos módulos e inversores, além dos cabeamentos e estruturas de fixação.

Por isso, os integradores devem atuar em conjunto com os clientes para ajudar na seleção do melhor kit, indicando tudo o que a residência precisa para gerar os resultados pretendidos.

Dessa forma, em primeiro lugar, os responsáveis pelo projeto e pela instalação devem alinhar as expectativas com os proprietários dos imóveis. 

Afinal, o sistema de energia solar pode gerar até 95% de economia na conta de energia elétrica, mas nem sempre este índice é atingido. E, para chegar a esta porcentagem, pode ser necessário ter equipamentos de maior potência, com maior custo. Então, é fundamental entender o objetivo final dos clientes.

Vale destacar que o número de integradores só cresce no Brasil, principalmente por conta do aumento contínuo da demanda por energia solar. Segundo estudo da Greener, são mais de 14 mil integradores ativos. Logo, é preciso dar a devida atenção para as necessidades dos clientes a fim de realizar serviços de qualidade e garantir a satisfação dos consumidores.

Leia também:
Como economizar energia em casa: é possível zerar a conta?
Energia solar residencial: por que é paga a taxa mínima de energia?

Desenvolvimento do projeto de energia solar

Depois de saber os resultados que precisam ser alcançados, os integradores devem estudar e analisar o local da residência para a instalação do sistema fotovoltaico.

Assim, é possível verificar:

  • Tamanho do espaço disponível para o kit de energia solar, seja no telhado ou no chão;
  • Riscos de sombreamento que prejudicam a captação da luz solar e a eficiência do sistema;
  • Potência necessária dos equipamentos;
  • Quantidade de módulos fotovoltaicos;
  • Índice solarimétrico da região;
  • Entre outros itens.

Saiba mais: Como fazer o dimensionamento correto do sistema solar on grid

Como escolher o melhor kit de energia solar

Na hora de desenvolver os projetos de energia solar, os integradores contam com equipamentos de diferentes fornecedores e fabricantes, níveis de qualidade, garantia e preço diversos. Isso vale para os inversores, módulos fotovoltaicos, estruturas de fixação, cabeamento e string box.

Então, para decidir o kit de energia solar ideal para os seus clientes, todas essas variáveis devem ser consideradas, bem como os pontos de dimensionamento mencionados acima. Vejamos assim 7 passos para buscar a melhor opção para cada residência:

1. Definição do número de módulos fotovoltaicos

O passo inicial da escolha do kit deve ser baseada em quantos módulos fotovoltaicos são necessários e sua potência para a residência abater o consumo de energia desejado. 

Também neste caso, é importante ver se a garantia do fabricante é de pelo menos 10 anos e se há garantia de 25 anos funcionando com 80% do desempenho original. Além disso, o módulo deve apresentar baixo coeficiente de temperatura para funcionar melhor em dias quentes.

2. Alinhamento do inversor com os módulos

Com o primeiro ponto determinado, é preciso considerar um inversor ou mais aparelhos que casem com a potência total produzida pelos módulos, deixando um excedente para evitar sobrecarga. 

O integrador deve verificar se a eficiência é superior a 96% e se a garantia tem pelo menos 5 anos. O inversor também deve ter o MPPT, que é uma tecnologia para manter a potência estável. 

3. Verificação da estrutura de fixação 

Normalmente, os sistemas solares em residências são instalados no telhado. Neste caso, é preciso escolher a estruturada correta de fixação para posicionar os módulos com a inclinação adequada para receber os raios solares. É indicado dar preferência por estruturas em alumínio, que suportam as mudanças climáticas e duram mais tempo.

4. Rota do cabeamento

Com essa parte da estrutura concluída, os integradores devem estudar a rota do cabeamento, que vai desde o ponto de instalação do inversor até o disjuntor. 

Para isso, é preciso definir no projeto onde ficará o inversor (pode ser na garagem, na área de serviço, no sótão etc.) e se a rota dos fios passará por fora do imóvel ou por dentro. Vale lembrar que os cabos devem ter tratamento contra o sol e certificação TUV.

Leia também: Instalação de energia solar em telhados: 8 etapas para garantir o funcionamento ideal

5. Busca do melhor custo-benefício 

Para garantir a qualidade do kit de energia solar, os integradores devem mostrar aos clientes a importância de ir além do preço. Afinal, um equipamento de baixo custo pode não trazer a eficiência esperada do sistema e comprometer o resultado final. Sem falar nos riscos de problemas no longo prazo, afetando a durabilidade e gerando despesas de manutenção.

6. Escolha de empresa com know-how 

Para indicar o melhor kit, os integradores devem verificar os fabricantes e fornecedores dos produtos, ver sua experiência, credibilidade, conhecimento e o tempo de atuação no mercado. Só assim, é possível ficar tranquilo que aquele projeto desenvolvido será eficiente.

7. Verificação das garantias dos equipamentos

Como já mencionamos, os diversos equipamentos devem ter suas garantias respeitadas para que o consumidor tenha assegurados os direitos de troca e substituição de cada aparelho se houver necessidade.

Conte com a Solen Energia

Especializada no mercado de energia solar, a Solen Energia é o parceiro ideal dos integradores, pois disponibiliza equipamentos de qualidade, alta tecnologia e dos principais fabricantes mundiais, com rápida entrega.

Oferecemos ótimos preços e atendimento em tempo integral para que você gere ainda valor nos seus serviços de instalação de energia solar.

Além disso, realizamos a indicação de integradores parceiros para a instalação de projetos em clientes (residências, empresas e propriedades rurais) que adquirem sistemas fotovoltaicos diretamente com a Solen.

Faça download do nosso Guia do Integrador e saiba como captar mais clientes.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *