Blog

Energia solar para empresas: integrador precisa se preocupar com garantia?
Energia Solar para Empresas

Energia solar para empresas: integrador precisa se preocupar com garantia?

A energia solar para empresas gera inúmeros benefícios econômicos, como redução de até 95% no valor da conta de energia, ambientais, com uma fonte de energia limpa e renovável, e até de imagem por investir em uma solução sustentável e ecológica. 

Mas, para que todas essas vantagens se concretizem, as empresas contratantes do kit de energia solar precisam se preocupar com a garantia. Isso vale tanto para os equipamentos fotovoltaicos, como para os serviços dos integradores nos projetos de dimensionamento e instalação dos sistemas.

Vale destacar que, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar, a capacidade instalada de energia solar fotovoltaica ultrapassou a marca de 7 GW no Brasil neste ano. Desse total, 4 gigawatts são relacionados à geração distribuída em residências, comércios, área rural, indústrias, entre outros.

Em termos de potência instalada, os setores de comércio e serviços lideram o uso da energia, com 38,7%. Os consumidores residenciais representam 38%, rurais, 13,1%, indústrias, 8,8%, poder público, 1,2% e outros tipos.

Ou seja, ainda há um grande campo de crescimento e expansão da energia solar para empresas. E o seu negócio pode tirar proveito do sistema fotovoltaico, gerando economia, aumentando a competitividade e melhorando a imagem da organização no mercado.

Neste sentido, tanto as empresas como os integradores precisam entender tudo o que envolve a garantia para que os projetos sejam bem-sucedidos e funcionem adequadamente.

Leia também: Como eficiência energética pode tornar empresas sustentáveis e lucrativas

Como funciona a garantia da energia solar para empresas?

Em geral, a previsão é de que o sistema fotovoltaico de energia solar para empresas tenha uma durabilidade de pelo menos 25 anos. Além disso, as questões de limpeza e manutenção, normalmente, são simples e práticas. Mas o que fazer quando um equipamento apresenta defeito

Quem são os responsáveis pela garantia (integrador, fornecedor do equipamento ou fabricante) e quais os prazos respectivos? Vamos lá explicar tais pontos.

Em primeiro lugar, os integradores e consumidores precisam entender que a garantia engloba todo o sistema fotovoltaico, isto é, módulos fotovoltaicos, inversores, cabos, estrutura de suporte, entre outros. 

Também é fundamental saber que o artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor define os responsáveis de toda a cadeia produtiva pela garantia de bens duráveis, como o sistema de energia solar. Neste caso, existem duas situações:

  • Garantia do equipamento fornecida pelos fabricantes;
  • Garantia de serviço disponibilizada pelo integrador ou instalador do projeto.

Quais os principais tipos de garantia?

Dentro das regras e responsabilidades citadas acima, ainda há duas formas de garantia: a legal e a contratual. Vamos ver melhor!

Garantia legal 

É estabelecida pelo Código de Defesa do Consumidor e tem o prazo de 90 dias em relação a ‘vícios’ dos equipamentos, como não funcionar ou não ligar ou o módulo não gerar energia.

Garantia contratual 

É formada em contrato entre a fabricante e o fornecedor ou distribuidor do equipamento, ou ainda entre o distribuidor e o integrador. Aqui, não há um prazo específico, sendo o tempo determinado por cada envolvido no processo.

Em geral, a garantia fornecida em contrato pelos fabricantes é de 5 anos para inversores e 10 anos para módulos fotovoltaicos. Além disso, os módulos têm uma garantia de desempenho de 25 anos, com 80% de eficiência.

Saiba mais: Energia solar para empresas: o que é o selo solar?

Como proteger a energia solar para empresas?

Neste cenário apresentado, fica claro que todos os envolvidos no processo desde a produção e venda dos equipamentos fotovoltaicos até a instalação do kit de energia solar têm responsabilidades, em caso de falhas e quebras. 

Portanto, os consumidores devem procurar todas as partes para verificar uma solução para o seu problema e, em sinalização negativa, podem até buscar seu direito na Justiça.

Já os integradores devem se preocupar com as empresas com as quais se relacionam e analisar minuciosamente os fabricantes e fornecedores de quem compram equipamentos. 

Afinal, é preciso estabelecer parcerias seguras e sólidas com empresas que não vão abandoná-los em incidentes, como o defeito de um equipamento.

Então, vale a pena pesquisar a reputação do fabricante e do distribuidor dos equipamentos que venham a ser adquiridos. A escolha não deve se pautar apenas na questão do preço, mas sim avaliar o custo-benefício completo, considerando fatores como o suporte prestado, a cobertura de assistência e a qualidade do produto.

Leia também: Sistema on grid para empresas: 5 passos para escolher a melhor fornecedora

Conte com a Solen Energia

Com o objetivo de garantir o sucesso na prestação dos serviços de instalação de energia solar para empresas, os integradores devem escolher parceiros confiáveis para evitar que prejuízos sejam causados à empresa e ao cliente final.

A Solen Energia é uma empresa de engenharia que atua com as principais fabricantes de soluções de energia solar do mundo. Nosso foco é trazer o máximo de qualidade e rápida entrega.

Temos condições especiais para nossos parceiros e estamos sempre dispostos a colaborar e a viabilizar os projetos da nossa rede de integradores. Tudo com o intuito de promover relacionamentos de longo prazo.

Ficou interessado em ser um integrador parceiro da Solen? Entre em contato agora mesmo!

Faça download do “[Guia] Energia solar para pequenas e médias empresas”. Saiba como a energia solar reduz custos de PMEs e tire todas as suas dúvidas!

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.