Blog

Qual o impacto do índice solarimétrico para o projeto de energia solar?
Instalação de Energia Solar

Qual o impacto do índice solarimétrico para o projeto de energia solar?

O profissional responsável pela instalação do sistema de energia solar fotovoltaico precisa ter o conhecimento específico sobre determinados assuntos relacionados à geração de energia solar. Entre eles, está o índice solarimétrico.

Com grande potencial de crescimento no Brasil nos próximos anos, o setor de energia solar oferece diversas oportunidades para os profissionais que já estão inseridos neste mercado e para aqueles que desejam entrar.

Neste artigo, você verá o quão importante é o índice solarimétrico e como ele impacta no projeto de energia solar de residências, indústrias, comércios e propriedades rurais.

O que é o índice solarimétrico?

O chamado índice solarimétrico é a quantidade de luz solar incidente. Ele mede o potencial de insolação em um determinado espaço, apresentando a quantidade de watts que incide em uma área de 1 metro quadrado durante um dia, na região onde o projeto será instalado.

Para fazer esta verificação, é preciso buscar a latitude e a longitude do local. Com isso, é possível consultar o índice solarimétrico em bancos de dados especializados como o Centro de Referência para Energia Solar e Eólica (Cresesb) ou do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Também existem softwares específicos que ajudam a simplificar a análise e fazer os cálculos de acordo com os dados oficiais disponíveis.

A vantagem do uso do software é que há o cadastro dos principais modelos de painéis fotovoltaicos e inversores disponíveis no mercado.

Veja mais: Como ganhar dinheiro com energia solar fotovoltaica

Como funciona o dimensionamento do projeto de energia solar?

Com base nas informações coletadas sobre o índice solarimétrico, cabe ao integrador fazer o cálculo sobre o quanto de energia é necessário para cada instalação.

Vale lembrar que cada projeto fotovoltaico é único, já que é dimensionado levando em consideração os dados de consumo e geração de cada consumidor.

Por isso, é imprescindível contar com um profissional capacitado em cada fase de implementação do sistema.

Inclusive, o dimensionamento correto do projeto é essencial para atender às necessidades do cliente e amortizar o quanto antes o investimento inicial.

Como calcular o dimensionamento do projeto de energia solar?

Com o índice solarimétrico em mãos, o integrador precisar fazer a média anual do gasto de energia solar do local no qual será instalado o projeto.

Neste exemplo, será considerada a cidade de São Paulo, que tem um índice solarimétrico local de 4,15 kWh/m²/dia.

O consumo médio de um suposto cliente, nos últimos 12 meses, foi de 827 kWh/mês. Neste caso, é preciso dividir este número por 30 para chegar ao consumo médio por dia que é de 27.567 Wh/dia.

Com isso, temos:

Potência de placas necessária = 27.567/4,15 = 6.642 watts

Eficiência de 83%: 6.642/0,83 = 8.000 watts

Com placas de 240 watts: 8.000/240 = 34 placas de 240 watts.

Impactos na eficiência do sistema

Vale salientar que estes dados levam em consideração as condições calculadas em laboratório.

Na instalação real, é preciso contar com outros fatores externos como poluição e sombras de edificações que podem influenciar diretamente na captação dos raios solares e impactar a eficiência do projeto.

Conheça a Solen Energia

Com ampla experiência no mercado de energia solar fotovoltaica, a Solen Energia oferece o que há de melhor para os integradores.

Com produtos de alta qualidade e procedência garantida, a empresa disponibiliza informações úteis para que os profissionais possam realizar seu trabalho com segurança e eficiência.

Quer saber mais sobre nossos equipamentos? Entre em contato conosco agora mesmo.

Faça download do nosso Guia do Integrador e saiba como captar mais clientes.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *